set 19, 2016 / by administrador / Nenhum Comentário

Felicidade é o contrário da tristeza e é também, um estado pleno do ser livre. Felicidade é escolha democrática que se faz por consciência em pró do bem. É o que Jesus chamou de “vida em abundância” em João 10:10. Felicidade é fenômeno concebido, num sentido mais amplo, de Deus aos homens. É combustível que provoca esperança em meio ao caos que desespera. Felicidade é o nome que se dá aquilo que sentimos quando provocamos sorrisos, ou ajudamos o desvalido que ao mesmo tempo nos cura. Felicidade, segundo Anselmo Fracasso , é “não lamentar o que nos falta, mas agradecer com alegria tudo que temos”. Ele afirma ainda que é “dar valor a que nos resta sem chorar o que perdemos”. Em Provérbios 3:13 Salomão esclarece que a felicidade é fruto da sabedoria. Sabedoria é matéria que se aprende na escola de Deus.
Se felicidade é o contrário de tristeza, e tristeza está ligada a lágrimas, porque Jesus no sermão da montanha, disse de forma antagônica que feliz é quem chora? Simples, porque algumas lágrimas revelam a sensibilidade humana em frente ao mal que o cerca na face. Tal sensibilidade é atributo do ser feliz. É feliz, quem chora os efeitos do mal, porque um dia suas lágrimas de dor terão fim e será para sempre por Deus consolado. Esta é a felicidade em perspectiva de futuro, mas que se consolida no presente!
É feliz quem ama, mas é feliz quem odeia. É feliz quem promove a vida, mas é feliz quem mata. É feliz quem avança, mas é feliz quem recua. É feliz quem guarda, mas é feliz quem doa. Tudo está ligado à capacidade de amar as pessoas e odiar o mal. A promover a vida e a matar o eu que conspira contra coisas eternas. Está ligado a avançar em situações decisivas e a recuar quando é sábio fazê-lo. A guardar o que edifica e a doar o amor que restaura.

Sete dicas de Felicidade:

1 – Mantenha comunhão diária com Deus.
2 – Ame as pessoas apesar de seus defeitos.
3 – Sorria para a vida.
4 – Perdoe e perdoe-se.
5 – Ajude ao invés de simplesmente esperar mãos estendidas.
6 – Seja trabalhador.
7 – Tenha sonhos e realize-os.

Concluo com as palavras de Mário Quintana que diz: “Quantas vezes a gente, em busca da ventura, procede tal e qual o avozinho infeliz: Em vão, por toda parte, os óculos procura tendo-os na ponta do nariz”.